No próximo dia 21, serão abertas as inscrições para a V Operação do Programa Sinapse da Inovação, uma iniciativa que nasceu em 2008 e já ajudou a colocar no mercado quase 300 novas empresas catarinenses.

Para esta etapa, serão destinados até 60 mil em recursos para cada um dos 100 negócios selecionados. O valor representa R$ 10 mil a mais do que o oferecido nas últimas operações, quando cada projeto recebia R$ 50 mil em recursos. Os selecionados ainda recebem apoio dos outros parceiros do programa.

IF

Foto: Divulgação

Os empreendedores poderão submeter ideias inovadoras nas áreas de TIC, Eletrônica, Mecatrônica, Química e Materiais, Nanotecnologia, Biotecnologia, Gestão, Design e Tecnologias Sociais.

As inscrições para o Sinapse poderão ser feitas até 5 de novembro pelo site http://sc.sinapsedainovacao.com.br, onde também está disponível o edital. Na primeira etapa, o candidato deve apresentar sua ideia de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a ideia é inovadora, se traz benefícios para a região e se tem potencial de mercado.

Passam para a segunda fase até 20% das propostas, e os selecionados devem, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar o potencial da ideia para gerar um bom negócio. Ao longo dessa etapa são oferecidas capacitações à distância para auxiliar o empreendedor.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A terceira fase, para a qual passam até cerca de 67% das propostas ainda em jogo, consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Os finalistas são contemplados com subvenção em dinheiro e capacitação pré-incubação.

Nesta edição, o Sinapse também vai oferecer, pela primeira vez em sua história, bolsas de auxílio aos empreendedores. Cada projeto poderá recorrer a uma cota de bolsa por 12 meses. Participantes com nível de graduação receberão valor mensal de R$ 2,5 mil, e com mestrado, de R$ 3,5 mil.

O bolsista não pode ser o coordenador do projeto, possuir vínculo empregatício ou acumular outras bolsas durante o período. Com as bolsas, o recurso disponibilizado pela FAPESC chega a quase R$ 10 milhões.

O que é o Sinapse da Inovação

O Sinapse da Inovação é uma promoção do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e da FAPESC – Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina -, com realização da Fundação CERTI – Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras. O principal objetivo do programa é estimular o empreendedorismo, transformando ideias inovadoras em negócios de sucesso.

sinapse

O Programa é voltado para o empreendedorismo inovador, ou seja, tanto estudantes de universidades como a comunidade em geral podem inscrever suas teses e projetos inovadores. Desde sua operação piloto em 2008, a iniciativa foi responsável pela geração de mais de 1,2 mil empregos diretos e de 94 patentes.

Na região Norte de Santa Catarina, a coordenação do programa é feita pelo Centro de Inovação e Pesquisas Tecnológicas – JaraguaTec, anexo à Católica de Santa Catarina em Jaraguá do Sul.

O Programa Sinapse da Inovação impactou positivamente a economia catarinense de diversas formas. Além do expressivo número de 294 empresas geradas, as empresas ainda ativas tiveram em 2014 um faturamento estimado de 120 milhões de reais.

Outras informações sobre o programa podem ser obtidas com o diretor executivo do JaraguaTec, Victor Danich, pelo telefone (47) 3275-8267 ou e-mail [email protected]

Fonte: Católica SC