Depois da polêmica do rato encontrado na garrafa, que se espalhou feito fogo, a Coca-Cola respondeu com um sugestivo vídeo intitulado “Conheça a verdade…”.

É um vídeo corporativo coxinha, que não faz menção ao suposto rato, é claro, mas que gera interesse pela tentativa de controle de danos da empresa. Olhaí:

Visto todas essas etapas na fabricação, é praticamente impossível acreditar que um rato possa ter sido encontrado dentro de uma garrafa lacrada da empresa, mas vale lembrar que o processo contra a Coca é real – e não uma lenda urbana. Ele foi movido pelo goiano Wilson Batista Rezende contra a Spal Indústria Brasileira de Bebidas S/a. por dano moral. A matéria é meio extensa, mas caso você queira ficar por dentro do caso, o melhor artigo que encontrei discutindo o assunto é esse aqui.

Eaí, quem será que leva essa?